A Revolução do sono nos permitirá resolver melhor os problemas do mundo

Sono

Por  Presidente e Editora chefe do Huffington Post Media Group

Aqui esta a ideia que eu acredito que ira moldar 2016: dormir. Isso mesmo, dormir! Quanto e quão bem nós vamos dormir no ano que vem – e o ano seguinte – vai determinar, em grande parte, nossa habilidade para resolver os problemas que estamos enfrentando como indivíduos e como sociedade.

Enquanto nossa necessidade por dormir tem sido uma constante através da historia da humanidade, nosso relacionamento com o sono vem mudando através dos séculos. E agora mesmo nos estamos no meio de uma crise da privação do sono, com efeitos devastadores na nossa saúde, performance no trabalho, relacionamentos e felicidade.

Em 1942, somente 11% de nos estávamos dormindo menos de 6 horas por noite. Hoje, 40% dormimos menos que 6 horas. O que é provavelmente a razão para a prescrição de 60 milhões de pílulas para dormir por ano. E o número de vitimas é alto – Estima-se que anualmente o custo da privação do sono para os Estados Unidos esteja em torno de 63 bilhões de dólares . Não para por aqui. Nos Estados Unidos, motoristas sonolentos estão envolvidos em 328 mil acidentes a cada ano, destes, 6.400 são fatais.

O que nós precisamos é nada menos do que uma revolução do sono. A boa noticia é, existem evidencias ao nosso redor de que essa revolução esta em seus estágios iniciais, com potencial para alcançar seu pico em 2016.

Em todos os setores da sociedade – nos negócios, escola, medicina, esporte e artes – mais e mais pessoas estão reconhecendo a importância do sono.

Até nas finanças, onde esta sempre pegando fogo, as mudanças estão chegando. Por exemplo, Goldman Sachs (grupo financeiro internacional) proibiu funcionários durante a noite no escritório. A mudança esta vindo de cima, grandes nomes do mercado, por exemplo Denise Morrison, CEO da Campbell`s Soup, Satya Nadella CEO da Microsoft, Erick Schmidt presidente da Google, Jeff Bezos CEO da Amazon e Mark Bertolini CEO da Aetna, todos já falaram sobre como eles priorizam o sono.

Na vanguarda do mundo dos esportes, descobriram que o sono funciona como uma droga que melhora o desempenho, somente com efeitos positivos. Roger Federes disse que se não dormir o suficiente, ele não funciona bem na quadra. Até o homem mais rápido da terra, Usain Bolt, sabe a importância de desacelerar. “Dormir é extremamente importante para mim“ ele diz “Eu preciso descansar e recuperar, para que o treinamento seja absorvido pelo meu corpo “ – E cada vez mais times profissionais, nos grandes esportes, estão contratando especialistas do sono.

Tecnologia, claro, tem grande parte nos dois lados da historia.

Com nossa demanda incessante de trabalho, que nos deixa fisicamente amarrados aos aparelhos emissores de luz azul, que suprimem melatonina, sabemos como a tecnologia pode dificultar nosso sono. Porém a resposta os desafios da tecnologia não é menos tecnologia, mas sim uma tecnologia melhor! Então estamos diante da necessidade de tecnologias que nos ajudem a dormir e não o contrario: Tecnologia para vestir, dispositivos inteligentes – tecnologia que ao invés de falar sobre nosso mundo, fale sobre nós mesmos.

Dormir permite nos conectarmos a uma parte mais profunda de nós mesmos. Por que quando estamos dormindo, todas as coisas que definem nossa identidade quando estamos acordados – nossos trabalhos, relacionamentos, esperanças, emoções – São acalmadas. E isso torna possível um dos benefícios menos discutidos do sono – realmente, um pequeno milagre – é o jeito que nos permite, ver o mundo de outra forma com novos olhos e um espirito revigorado – dar um tempo e voltar para as nossas vidas restaurado.

Estou confiante, 2016 será o ano em que renovamos coletivamente a nossa relação com o sono – em todo o seu mistério e toda a sua plenitude.

fonte: https://www.linkedin.com/pulse/big-idea-2016-sleep-revolution-allow-us-better-solve-huffington

 

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Amélia disse:

    Demorei muito tempo para encontrar esse site, e gostei muito, obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Slider by webdesign