Pesquisa revela que Insônia e Dor estão diretamente ligados

Sonoruim

A sensibilidade esta ligada ao tempo que a pessoa leva para dormir.

Pesquisadores perguntaram a mais de 10.000 adultos para fazer o teste de dor e sensibilidade.

Teste envolvia deixar as mãos em agua fria o maior tempo possível, pessoas com insônia retiravam a mão em menor tempo.

Se você tem problemas para dormir a noite, você provavelmente é mais sensível a dor, revela estudo. Aparentemente insones tem menor tolerância a dor, se comparado a pessoas que não tem problemas para dormir. A sensibilidade esta diretamente ligada a quanto tempo uma pessoa demora para pegar no sono, não a duração do sono, segundo informação da Associação Internacional do Estudo da Dor.

Pesquisadores noruegueses pediram para mais de 10.000 adultos para fazer um teste de dor e sensibilidade, deixando as mãos submersas em água gelada o maior tempo possível. A taxa de menor tolerância a dor foi 52% maior em pessoas que tem problemas para dormir mais de uma vez por semana, fazendo elas tirar a mão da água mais cedo, para as pessoas que sofrem de algum problema para dormir uma vez por mês, a taxa caiu para 24%.

Somente 32% dos participantes foram capazes de deixar a mão na água gelada durante os 106 segundos de teste.

Segundo Dr. Borge Sivertsen, do Instituto Norueguês de Saúde Publica “ Há claramente uma forte relação entre dor e sono, como insônia que aumenta tanto a probabilidade e gravidade da dor clínica, no entanto não está claro exatamente porque este é o caso”.
Os pacientes foram perguntados sobre varias questões relacionadas ao sono, incluindo, insônia, tempo total de sono e tempo total para pegar no sono, a pesquisa também olhou para outros fatores relacionados a prejuízo do sono e percepção da dor, incluindo dor crônica e aflição psicológica.

O resultado sugere que fatores psicológicos podem contribuir para o relacionamento entre problemas para dormir e dor, porém mais pesquisas são necessárias para explorar o papel dos neurotransmissores que podem afetar tanto a dor quanto o sono. Neurotransmissores são os responsáveis por levar a informação através do nosso cérebro e corpo. O estudo também mostra a necessidade de melhorar o sono entre pacientes com dor crônica.

  • 8 horas de sono por noite são o ideal para a maioria das pessoas
  • dormir mal regularmente causa risco de obesidade, problemas de coração e diabetes, por exemplo, pessoas que dormem menos de sete horas e meia por dia, tem 30% mais chances de ficarem obesas em relação a quem dorme 9 horas.
  • Evitar cafeína e refeições pesadas a noite é parte do que se chama de Higiene do sono
  • Tomar um banho morno ou escutar uma musica calma colabora para uma noite de sono mais tranquila.

Fonte: http://www.dailymail.co.uk/health/article-3064836/Insomniacs-likely-feel-pain-Sensitivity-linked-time-takes-nod-off.html

Para aqueles que tem dificuldades para pegar no sono e problemas com dor crônica, existe uma solução pratica e cientificamente comprovada, para quem ainda não conhece existe no Brasil uma marca conceituada que desenvolve roupas terapêuticas e tem registro na Anvisa, a Invel, a mais ou menos 6 meses eles lançaram no mercado o colchonete Invel Recharge, que promete tratar a insônia reduzindo o tempo que se leva para pegar no sono, se você sofre desse problema de uma conferida no site da Invel, vale a pena e la eles explicam muito bem como o produto funciona !

Link:  Invel.com.br

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Slider by webdesign