Quatro fases do sono liberam hormônios e consolidam a memória

Fases do sono

O sono tem quatro fases, e cada uma delas é responsável por uma atividade diferente – seja a liberação de hormônios, seja a consolidação da memória e do aprendizado.

Por essa razão, dormir bem e de forma contínua é importante, já que, sempre que uma pessoa acorda durante a noite, volta ao estágio inicial de sono. E isso pode interferir em alguns processos que só ocorrem na fase mais profunda: a REM.

Indivíduos que fazem muito esforço mental, como estudantes de vestibular, têm um sono REM mais forte.

Fases do sono (Foto: Arte/G1)

No início da manhã, o corpo para de liberar o hormônio do crescimento (GH) e começa a produzir o hormônio cortisol, que controla inflamações, alergias, estresse, e ajuda a manter a estabilidade emocional, segundo o especialista em medicina do sono Sérgio Tufik e o professor de medicina e biologia do sono Marco Túlio de Mello, do Instituto do Sono da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Outros hormônios liberados são a melatonina, a adrenalina, o TSH (que estimula a tireoide e tem um pico no início do sono) e a noradrenalina (que favorece o sono REM).

Segundo Tufik, as pessoas só se lembram do sonho quando acordam sonhando – por isso,  em estudos sobre sonhos, elas são despertadas na fase REM. Um indivíduo normal sonha de quatro a cinco vezes por noite.

A economista Ana Clara Finamore e o músico e publicitário Ricardo Côrte Real têm dificuldade para dormir e fizeram um teste chamado polissonografia, no Instituto do Sono. Eletrodos transmitem para um computador as informações do corpo durante o sono.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Slider by webdesign